Sem raias Rotating Header Image


Primeira prova de 2012 – Santos

Esse final de semana foi a I etapa do Circuito de Maratonas Aquáticas. Esta etapa estará ocorrendo em paralelo a abertura da Copa do Mundo da FINA de Maratonas Aquáticas. Fiz a prova longa, que foi de uns 3.5K. Fiquei em 3º na minha categoria que tinham nove competidores, isso sem contar o primeiro colocado da minha categoria, Glauco Rangel, que ficou em 3º na classificação geral. Fiquei em 63º no geral de 93 competidores, tempos de 50:47.14. Melhor tempo da prova foi de 34:28.70 e o mais longo foi 1:04:23.28. Abaixo o percurso da prova:


View Santos – 2012 in a larger map

Sobre a abertura da Copa do Mundo da FINA de Maratonas Aquáticas, direto do Blog do Coach:

Ana Marcela Cunha chegou em terceiro lugar na prova feminina da Travessia Internacional de Santos, Troféu Renata Agondi, prova que abriu o Circuito da Copa do Mundo de Águas Abertas da FINA. Ana Marcela esteve sempre no bolo mas reconheceu que fez uma volta um pouco aberta demais já na parte final da prova.

A festa foi italiana com Martina Grimaldi vencendo pela primeira vez, Angela Maurer da Alemanha, antiga adversária de Ana Marcela, chegou em segundo e Ana Marcela cerca de três segundos atrás. A brasileira é a única bi campeã da prova, tendo vencido nos anos de 2009 e 2010.

No masculino, a festa foi grega. Spyridion Gianniotis, campeão mundial dos 10 quilômetros em Shanghai, levou o título, Nicola Bolzonello da Itália chegou em segundo e o canadense Richard Weinberger foi terceiro. Weinberger foi o campeão panamericano de águas abertas no ano passado e também levou o título do Teste Evento.

Entre os homens do Brasil, Allan do Carmo foi novamente o melhor colocado, mas na sua pior classificação na prova desde 2007. Chegou em 22o lugar e ganhou a vaga para a seletiva olímpica em junho na Baia de Setúbal em Portugal.

O segundo brasileiro foi uma surpresa: Lucas Kanieski do Minas, que ainda aguarda uma decisão sobre o critério da FINA se irá ou não permitir a participação de dois atletas por prova na seletiva olímpica.

Angela Maurer da Alemanha, Martina Grimaldi da Itália e Ana Marcela

Angela Maurer da Alemanha, Martina Grimaldi da Itália e Ana Marcela


3 Comments

  1. Bruno Modigliani says:

    Prezado Joca,

    Há algum tempo, desde que comecei com a ideia de me preparar para provas de águas abertas, que visito seu blog “Sem Raias”. Nota dez!

    Estive também buscando provas para iniciantes na Web, mas em regra encontro maratonas aquáticas que exigem a participação do nadador em clubes ou academias. Minha primeira intenção é nadar provas longas, quem sabe iniciando pelas de 3km e subindo aos pouocs, mas sempre num ritmo de conforto. Em princípio, o objetivo seria um dia fazer a Travessia do Canal de Ilha Bela (nem sei se esta prova ainda é realizada; não consegui obter informções atualizadas; sei não for, um dia, se tiver preparo para tal, tentarei fazer sozinho, com apoio individual mesmo).

    Talvez você, que já vive nesse ambiente de águas abertas há um tempo, pode me ajudar: qual seriam as primeiras provas a serem disputadas, apenas pra ir pegando contato com as disputas. Tenho 40 anos e sempre nadei, mas sempre num ritmo de condiciionamento físico, nda mais. Na década de 1990, participei de provas em Santos/SP, cidade de minha família, e Ubatuba/SP. Hoje vivo em Poços de Caldas/MG, mas posso tranquilamente viajar pelo Estado de São Paulo (parece que é o local onde ocorrem a maioria das provas em águas abertas). Na verdade ainda tenho muito que aprender sobre treinamento. Sempre fiz a coisa muito no empirismo, de maneira mais voltada ao lazer mesmo. Na verdade ainda pretendo continuar com o aspecto lúdico, mais que o competitivo; a ideia principal é terminar as provas de fundo e não a colocação. Hoje nado 4 vezes na semana, com uma média de 2km por treino.

    Em resumo, as provas da FAP, da “Maratona Aquática” etc. são mesmo somente para nadadores filiados/federados ou há inscrições para o grande público? Se não forem, qual seria a melhor maneira de participar, no meu caso que vivo relativamente longe dos grandes centros paulistas?

    Muito obrigado e, novamente, parabéns pelo blog, um verdadeiro deleite para os amantes da natação em águas abertas!

  2. Joca says:

    Oi Bruno,

    Que legal que vc gosta do blog! Ando meio em dívida, sem postar nada… Mas vou me esforçar para escrever mais.

    As da FAP requerem que vc seja de uma equipe filiada ou vinculada à FAP. Contudo, as provas da FAP são organizadas pelo Enio, da Presença Eventos (http://www.presencaeventos.com.br) e vc pode se inscrever por esse site, sem precisar estar ligado a uma equipe filiada ou vinculada.

    Ultimamente tenho feito as provas do Issamu, da Gaivotas Eventos (http://www.gaivotaseventos.com.br), são bem organizadas e tem provas de 0,5K, 1K, 3K e 6K.

    Abs,
    Joca.

  3. […] tenho nadado. Ao contrário, continuo treinando todos os dias e feito algumas provas. Depois da primeira prova de 2012 em Santos, participei das seguintes […]

Leave a Reply

magbo system